quarta-feira, 30 de novembro de 2011

•¤° Passos para o amor - Lindsay Armstrong •¤°

Olha vou ser sincera na minha opinião não é um livro que eu leria novamente, mas para quem quer um romancinho somente para as horas vagas esse é uma boa pedida pois tem leitura rápido e, é pequeno o livrinho com apenas 186 páginas, enfim uma mocinha bem família e um mocinho sem atitude pelo menos na minha opinião.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

•¤° Trilogia Os Escândalos dos St. Claire - Carole Mortimer •¤°

Hoje resolvi fazer uma postagem diferente, espero que gostem, risos. Gostei da Trilogia Os Escândalos dos St. Claire as histórias em si são bem feitas e os personagens cativantes, vários duelos verbais e tensão sexual fazem desses livrinhos uma boa opção de diversão. Uma leitura super rápida além é claro que estava com saudades do descompromisso que é ler um livro de banca da série Paixão.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

•¤° O magnata grego - Kim Lawerence •¤°

Até a metade do livro eu estava gostando, o problema é que 70% do livro se passa na noite em que o casal se reencontra após os 7 anos que se afastaram e depois tudo fica muito corrido, mas de resto nada mais me incomodou. O mocinho é bem humorado e apesar de parecer arrogante ele não é, já a mocinha é atrapalhada, irônica e não leva desaforo para casa, inclusive mandando ele literalmente plantar batatas o que eu amei, risos.

domingo, 20 de novembro de 2011

•¤° Dois amores uma vida - Miranda Lee •¤°

Esse é um daqueles romancinhos que você já sabe o final da história mas mesmo assim você continua lendo e ele acaba de surpreendendo, o enredo me impressionou com a desenvoltura de seus altos e baixos, além é claro que o que mais me agradou foram os personagens Adrian e Sharni que me cativaram deste a primeira página pois formam um casal maravilhoso, amei a história e esta aprovadíssimo, risos.

sábado, 19 de novembro de 2011

•¤° Doce Inocência - Melanie Milburne •¤°

Na minha opinião esse foi mais um daqueles livros, bonitinho mas esquecível. Como aquele velho clichê que sempre vemos nos livros, te odeio, mas não consigo tirar minhas mãos de você, e outro, você é culpada até que me provem o contrário. Sim senhoras e senhores esse é mais um daqueles, risos. Rafaele poderia ter sido melhor, pois mudava de atitude muito drasticamente, e apesar de ser possessivo faltou-lhe paixão ao finalmente pronunciar as palavras mágicas "Te amo" já a mocinha sucumbia muito rápido e apesar dos protestos, não teve sequer uma grande reação contra a arrogância e o cinismo de Rafaele, e a parte que mais me incomodou foi que sequer soubemos o que aconteceu com a irmã de Emma, esta certo que provavelemente esse livro tem continuação mas mesmo assim, né. Enfim fica a critério para quem quiser ler...

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

•¤° Segredos da Meia-Noite - Janelle Taylor •¤°

Olá pessoal aqui estou eu postando mais um romancinho de banca, e espero que gostem pois eu vi várias postagens do pessoal reclamando que a escritora Janelle forçou demais na história com as coincidências e que a mocinha se fingiu ser muita gente, mas na minha opinião não discordo e nem concordo, pois adoro um romancinho água com açúcar e de vez em quanto é bom, risos, além é claro da história ser excelente. Tem muito amor, suspense, drama e tal, é bem escrito também, esta recomendadíssimo.

Segredos da Meia-Noite

domingo, 13 de novembro de 2011

•¤° Oásis de Sedução de Donna Young •¤°

Mais um romancinho da harlequinbooks bem água com açúcar, acho que ando meio anestesiada emocinalmente esses dias, risos. Pois por mais que tenha gostado da história ela não conseguiu me prender e fiquei feliz quando acabou pois o final foi a parte mais fofa do livro todo. A história fala do casal Jarek Al Asadi e Sarah Kwong,  que se conheceram a 7anos atrás, tem um caso se  apaixonam-se mas por algum motivo o mocinho larga a  mocinha. Sete  anos depois se reencontram e ele descobre que ainda se sente atraído um pelo outro. Mas mesmo assim Jarek não está disposto a mergulhar nesse amor. Enfim é isso se quiser saber mais leia o livro, risos.
OÁSIS DE SEDUÇÃO

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

•¤° Inocente Inimiga / Para Sempre Seu! •¤°

O livro em si não é ruim, mas não me agradou totalmente teve momentos em que tive vontade de largar e começar a leitura de outro, mas o livro tem seus momentos altos e que nos prendem atenção e seus momentos baixo como qualquer outro, recomendo para quem quer uma distração de final de semana.
Inocente Inimiga   /    Para Sempre Seu!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

•¤° Desta vez, para sempre ! - Laura Drewry •¤°

Gente!! Li este livro em apenas dois dias muito bom , apesar de ter algumas partes meio monótonas, já em outras como o final a ação foi bem corrido, mas mesmo assim adorei!Gabe é fofo e tem preso na cabeça que não quer de jeito nenhum casar e ter Tess em sua casa, mais ela é muito corajosa e insistente, o que eu amei pois não tem nada de bobinha, está recomendadíssimo...

sábado, 5 de novembro de 2011

•¤° Sete Vidas – Mônica e Monique Sperandio •¤°

O livro em si é bom, mas acho que, por que eu ligava o nome do livro ao filme Sete vidas que não tem nada ver com o livro, não consegui me concentrar tão bem no começo da história mas depois que peguei o embalo só posso dizer que gostei bastante não vejo a hora de lançarem a continuação (vai ter continuação né?) risos. As escritoras tem tudo para seguir carreira e aperfeiçoar a escrita delas, a editora underworld tem me surpreendido muito com a qualidade de seu trabalho e mais ainda com as capas lindas que estão lançando. Não encontrei erros gritantes, o ritmo bom e os personagens interessantes!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

•¤° O Canalha - Carly Phillips •¤°

Esse é o livro mais sensual da trilogia e merecedor de ser chamado de  HOT com letras maiúsculas. Que cena foi aquela no bilhar? risos.  Uma das coisas que não me agradaram nem um pouco foi o título em português dado ao livro, não gostei e pronto, pois o personagem principal não é um Canalha e este título dá uma idéia errada sobre o caráter dele, penso que deveria, então ter usado uma tradução literal do título em inglês, The Heartbreaker, O Destruidor de Corações, teria sido bem melhor. Aliás, a expressão Destruidor de Corações é usada por diversas vezes no livro.