quarta-feira, 29 de agosto de 2012

•¤° Cinquenta tons de cinza - E L James •¤°

Um livro diferente dos  estilos que são lançados no Brasil mas apenas pelo tema de BSDM, estou achando tão engraçada essa polêmica que o livro está causando, por quê assim, este livro não é diferente de romances de banca, pois todos os personagens são controladores, dominadores e ciumentos, então eu não entendo por que tanta confusão, acho que as pessoas estão  tão focado na parte sexual da história sobre submissão, que quem não leu ainda pensa que é só isso e sim é isso ''também", mas a história em si rola ao redor de um homem louco por controle que usa a dominação sexual como válvula de escape para um trauma de infância além dos personagens terem necessidades sexuais diferentes eles se gostam e no decorrer da história tentam se entrosar e chegar ao ponto certo para eles. A escrita confesso que fica a dever, mas não tem que ser vem também que não tem nenhum estilo literário por que foi feito de fanfic que é uma coisa bem amadora mas que está na moda agora alguns leitores gostam para se distrair, enfim gostei e estou aguardando os próximos livros da trilogia.


"Romântica, libertadora e totalmente viciante, uma história que vai dominar você"

Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja — mas em seus próprios termos.

Chocada e ao mesmo tempo seduzida pelas estranhas preferências de Grey, Ana hesita. Por trás da fachada de sucesso — os negócios multinacionais, a vasta fortuna, a amada família —, Grey é um homem atormentado por demônios do passado e consumido pela necessidade de controle. Quando eles embarcam num apaixonado e sensual caso de amor, Ana não só descobre mais sobre seus próprios desejos, como também sobre os segredos obscuros que Grey tenta manter escondidos.

Techos:
"Seus lábios se contraem num sorrisinho.
Ah, Anastasia Steele, o que eu vou fazer com você?
Pág.74
"- Sou dominador. - Seu olhar é abrasador, intenso.
 - O que isso quer dizer? - pergunto.
- Quer dizer que quero que você se entregue espontaneamente a mim, em tudo.
Franzo a testa para ele, tentando assimilar a ideia. 
- Por que eu faria isso?
- Para me satisfazer - ele murmura, inclina a cabeça para o lado e vejo a sombra de um sorriso."
Pág.93
  
"- Que diabo você está fazendo comigo? - diz ele baixinho, esfregando o nariz no meu pescoço. - Você me seduz completamente, Ana. Você faz uma mágia poderosa."
Pág.332


Ouça a playlist criada pela própria E L James que dá ritmo à tortuosa relação entre a jovem e inocente Anastasia Steele e o misterioso (e atormentado) Christian Grey

Léo Delibes – “The Flower Duet (Lakmé)”
Kings of Leon – “Sex On Fire”
James Rhodes – “Adagio from Concerto No 3 in D Mino”
Amy Studt – “Misfit”
Bruce Springsteen – “I’m On Fire”
Snow Patrol – “The Lightning Strike”
Heitor Villa-Lobos – “Bachianas Brasileiras No. 5”
Frank Sinatra – “Witchcraft”
Giuseppe Verdi – “Prelúdio de La Traviata”
Britney Spears – “Toxic”
Damien Rice – “The Blower’s Daughter”
Johann Pachelbel – “Canon and Gigue in D Major: I”
Thomas Tallis – “Spem in alium”
Frédéric Chopin – “Prelúdio em E-menor”



 Trilogia Cinquenta Tons de Cinza (E L James)
  1. Cinquenta Tons de Cinza
  2. Cinquenta Tons mais Escuros
  3. Cinquenta Tons de Liberdade

0 comentários :

Postar um comentário